Pages Navigation Menu

DITOS & ESCRITOS

INCONSCIENTE E BARBÁRIE

SOUTH AFRICA. Policing Hillbrow. 1995. Victim of an agression in the Hillbrow district.

Embora para Freud não exista a categoria do Inconsciente Coletivo, o que, mais tarde Lacan, enigmático como sempre, afirmaria “O Inconsciente é o social”, vejo nessa efervescência ensandecida de informações (quase todas falsas, quase todas verdadeiras…para quem acredita nelas) uma temporária ruptura com a realidade. Aquela que é sustentada pela Lei, dando suporte a nossa possível civilização.

As pulsões primitivas emergem de dentro de cada cidadão, antes pacato, temente a Deus e cumpridor de seus deveres, agora violento, intolerante e irracional defensor dos extremos ideológicos pelos quais foram capturados. O que pensa diferente dele representa um ameaçador Objeto Fóbico que precisa ser destruído – assim como foram os judeus para os nazistas, ou Cristo para os Hebreus encastelados no poder. Os radicais opostos ideológicos assemelham-se na intolerância e na irracionalidade.

A violência da extrema direita assume dimensões assustadoras. Enquanto bestas humanas saem da escuridão, o Estado se cala.

A quem interessa essa ruptura? Certamente percebe-se estratégias de conquista de poder que culminará na eleição do segundo turno. As fake news tornaram-se poderosos mecanismos de incitação ao ódio e a intolerância, esgarçando o tecido social, comprometendo valores básicos democráticos. Nunca foi tão fácil manipular as massas!

A razão, subjugada pela irracionalidade das paixões ideológicas, recolhida espera.

Recife, outubro de 2018.

***

João Rego
Ditos & Escritos
É engenheiro, consultor, mestre em ciência política com formação em psicanálise.
www.joaorego.com
www.facebook.com/politica.psicanalise

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This