Reflexões Metodológicas sobre a teoria de APL de Michael Porter.

jul 1, 2014 by

Esboços para uma Teoria de Gestão Estratégica da Inovação em Pernambuco e formulação de estratégias para Sindicatos Empresariais. 

João Rego, Recife Junho de 2013.

  1. INTRODUÇÃO

João Rego[1]

 

Este trabalho se propõe a desenvolver um Plano de Ação voltado à abordagem com líderes empresarias e governamentais dos diversos setores da economia em Pernambuco com vistas à construção de alianças estratégicas que forjem uma base de relações interempresariais favorável a implementação de Plano da Gestão da Inovação PGIS nas empresas-que compõem estes setores.

O primeiro movimento que se propõe, é tentar compreender os diversos setores da economia pernambucana como embriões de APL’s Arranjos Produtivos Locais, ou clusters. Isto, porque esta forma de compreender estes conjuntos de empresas nos possibilita dar um sentido mais amplo às ações de inserção de gestão da inovação nas mesmas, que vão além das unidades empresariais trabalhadas, se espraiando pelo ambiente de negócio, ou seja, por toda sua cadeia produtiva.

A meta é atingir as empresas individualmente, entretanto, com a abordagem de APL estas ações ultrapassarão as empresas, se desdobrando no aumento da competitividade do setor como um todo.

Do ponto de vista da estratégia de mobilização é necessário compreender que há uma excessiva concorrência de pequenos, médios e grandes projetos governamentais que tentam envolver o empresário local com diversas ações para imprimir competitividade em suas empresas. Em alguns casos, atingir cotas de empresas vinculadas a tais programas, torna-se, às vezes, mais importante do que o efeito transformador destes programas sobre suas empresas-alvo.

O Sindicato Empresarial[2] deve trabalhar todas suas ações de abordagem com a compreensão deste ambiente de concorrência de diversos programas, mas também identificando que, pelos seus diferenciais competitivos – fundados em ações de consultoria dentro das empresas com uma metodologia sofisticada de gestão estratégica da inovação – este tem condições de se impor como um importante programa que chega para se estruturar como uma instituição que operará, de forma sistemática e permanente, em seu  setor da economia com ações voltadas para a formação e capacitação em gestão estratégica da inovação, assessoria e consultoria na implementação de Planos de Gestão da Inovação dentro das empresas.

Conhecer o ambiente de negócio, ou seja, o setor da economia[3], onde atuam as empresa-alvo do Sindicato é, portanto, um grande diferencial diante dos seus concorrentes; outro componente essencial, é ter uma equipe altamente capacitada nas áreas do conhecimento central dos saberes voltados ao aumento da competitividade das empresas: a administração estratégica, a inovação e a gestão do conhecimento.

O presente Plano de Ação se propõe a formular estratégia, delineando ações voltadas à mobilização, marketing e vendas de um Sindicato Empresarial e do desenvolvimento de um produto, o Plano de Gestão da Inovação nas empresas-clientes com a máxima efetividade possível.

Para acessar o texto completo em PDF clique Reflexões metodológicas sobre APL Estratégia do Diamante M Porter.

 

[1]

* João Rego é engenheiro, mestre em ciência política e tem formação em psicanálise.
Atua como consultor empresarial com o foco na pesquisa e na práxis da administração estratégica, da inovação e da gestão do conhecimento.

É Diretor da Factta Consultoria, Estratégia e Competitividade.
É Editor da Revista Será? Opinião, crítica, artigos, ensaios e resenhas.
joaorego.com
linkedin
facebook

 

[2] O Termo Sindicato neste texto se referirá sempre a um aglomerado de empresas que tem uma liderança atuando, ou seja Sindicato Empresarial.

[3] A Factta Consultoria desenvolveu trabalho importante sobre o Mapeamento dos Gargalos Setoriais à Inovação em Pernambuco para os setores do Gesso, Confecção, Fármacos, Economia Criativa, TIC, Metal Mecânico e Petróleo e Gás. (Cf. Bibliografia no final do texto)

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *