Sociedade e política.

abr 29, 2006 by

*João Rego

Nas sociedades modernas, paira, acima das diferenças ideológicas e dos diversos credos, um conflito estrutural que se sobrepõe a tudo que, em nosso cotidiano, parece ser uma “normalidade silenciosa” que rege nossas vidas. Trata-se do conflito entre o Estado, este materializado pela classe política e por todos que fazem funcionar os aparelhos de Estado, e a Sociedade Civil, que somos todos nós.

Esse conflito é insolúvel, porém gerador de uma tensão que faz com que a sociedade busque expressão, e quando em ambiente favorável, force o avanço da consolidação da democracia.

Em uma democracia, cada uma dessas instâncias exerce suas funções que se complementam e fazem operar a sociedade. A economia, a política e os aparelhos de Estado, tudo é o resultado de um poder gerado pela sociedade civil, embora, como sujeito, estejamos absolutamente distantes da consciência de tal poder.

Somos alienados de nossa própria força, posto que fragmentada.

Enquanto as funções do Estado estão claramente definidas, – pois são frutos de um contrato de todos -, com seu aparelho organizado regendo nossas vidas, na sociedade civil não se encontra uma identidade clara, uma ação política definida, uma vez que esta tem uma composição heterogênea.

Uma instância, porque detentora do poder domina, a outra é dominada.

 

***

DITOS & ESCRITOS
João Rego
joaorego.com

إيروس وثانتوس

 

 

Related Posts

Share This